Archive for the Sonetos Category

O regressar da minha lucidez…

Posted in Sonetos on 18/02/2009 by Carlos Jorge


O regressar da minha lucidez…

E cá estou… Sozinho novamente,

Tentando desesperadamente,

Achar uma luz em minha mente.

E reanimar um anseio ardente…

 

Procurando ensejos,

Para realizar os meus sonhos,

Para realizar os meus desejos…

Para espantar meus demônios.

 

Eu almejo voltar a ser o que era

Quero sair desse mundo oco,

E seguir o caminho que me espera.

 

Vou voltar ao meu mundo lunático,

E voltar a me sentir fantástico!

E este escrito… É prova disso!

Carlos Jorge, 18 de fevereiro de 2009

Anúncios

Soneto do Sonho

Posted in Sonetos on 17/09/2008 by Carlos Jorge

SONETO DO SONHO
Autor:
Carlos Jorge

À noite eu me deito…
E então fecho os olhos,
No escuro eu vejo você…
Embalando meu sono,

Iluminando meu sonho.
Será mesmo um sonho?
Estais ao meu lado no escuro?
Parece ser tão real…

Mesmo dormindo,
Mesmo sonhando,
Mesmo acordando…

Sinto seu perfume,
E penso comigo…
“Foi sonho ou foi real?”

17 de setembro de 2008

Soneto do Enfermo

Posted in Sonetos on 03/07/2008 by Carlos Jorge

SONETO DO ENFERMO
Autor:
Carlos Jorge

Sinto forte sensação,
Sinto doer o coração,
Sinto os ossos queimar,
Deus! Quando isso vai passar?

As marcas em minha pele,
Aparecem e sangram.
As manchas em minha pele,
Aparecem e queimam.

Estou morrendo,
Eventualmente tudo morre…
É isso que está acontecendo?

Eu não queria partir ainda,
Mas seja feita a tua vontade…
Apenas saiba que te amei de verdade.

2 de Julho de 2008

Soneto do Tédio

Posted in Sonetos on 01/07/2008 by Carlos Jorge

SONETO DO TÉDIO
Autor:
Carlos Jorge

Eu não posso me mover aqui,
Parece que eu vou explodir…
Simplesmente não há nada aqui,
Então o que eu faço para sair?

Um dia ainda vou morrer de tédio…
Mas eu vou tomar meu remédio,
Mas eu não posso desapontar…
Tudo o que faço é esperar.

Até a esperada hora chegar…
Então vou poder me mandar!
Eu vou olhar para trás…

E ver como fui sagaz,
Mas agora tenho de esperar…
E esse tédio… Terei que passar.

1 de julho de 2008

Soneto da Saudade

Posted in Sonetos on 23/06/2008 by Carlos Jorge

Soneto da Saudade

Autor: Carlos Jorge

A lembrança não me deixa pensar…

Perto de ti eu preciso estar,

Mais um minuto eu não vou agüentar…

Se essa saudade eu não eliminar.

Eu quero tanto poder voltar…

Com você eu quero ficar,

Preciso de você para respirar.

Pois você… É o meu ar.

Eu juro que não estou a te ludibriar,

Eu quero apenas poder te encontrar…

Porque definitivamente estou a te amar.

Quero tanto poder voltar…

Quero muito poder te beijar,

Você é meu Amor… E estou a te amar.

20 de junho de 2008

Soneto de Aniversário Atrasado

Posted in Sonetos on 27/05/2008 by Carlos Jorge

SONETO DE ANIVERSÁRIO ATRASADO

Autor: Carlos Jorge

Olá, está um pouco tarde,

Mas ainda dá tempo.

Para desejar-lhe felicidade…

E desejar-lhe mais tempo,

E agora estou lhe escrevendo,

Pois, meus parabéns estou lhe devendo.

Ainda falta o meu presente,

Para você ficar sorridente.

Desculpe-me pelo atraso,

Mas o tempo me era escasso,

Agora posso de dar um abraço.

E por fim, eu quero terminar,

E de coração quero lhe desejar,

Feliz Aniversário! Xii… Não deu para rimar…

27 de maio de 2008

Soneto da Noite em Turbilhões

Posted in Sonetos on 25/05/2008 by Carlos Jorge

SONETO DA NOITE EM TURBILHÕES

Autores: Maria Barros & Carlos Jorge


O dia começa, as horas passam, o dia termina…

E surge a noite clara e cristalina!

Ao longe vejo a Lua, que tanto me fascina

Sua beleza me endoidece, me domina…


A noite começa, as horas passam, a noite termina…

Mansa, pura, com suavidade de menina

Seu jeito, de alguma forma me ensina…

De uma forma que nem tu imagina…


Você me ensinou a sonhar.

No silêncio de seu madrugar

Nossa! não quero mais acordar!



Quero morrer em teu beijar, em teu amar…

Mas você está longe, não posso te alcançar…

Então noite amada, ensina-me a voar…


24 de Maio de 2008