Arquivo para dezembro, 2007

**FELIZ NATAL!**

Posted in Uncategorized on 25/12/2007 by Carlos Jorge

Desejo a todos um Natal maravilhoso,
cheio de saúde, felicidade e muita paz!
Do fundo do meu coração, FELIZ NATAL!

Neste Dia cheio de graças, festejamos o nascimento
de Jesus, nosso salvador. Então, parabéns Jesus,
hoje e sempre!

Obrigado por nos amar tanto!

Morrer é…

Posted in Tristes on 21/12/2007 by Carlos Jorge

MORRER É…

Autor: Carlos Jorge

Parar de viver…

Parar de ver…

Parar de andar…

Parar de falar…

Parar de sentir…

Parar de mentir…

Parar de amar…

Parar de odiar…

Parar de comer…

Parar de beber…

Parar de beijar…

Parar de abraçar…

Morrer é…

…O contrário de viver…

11 de dezembro de 2007

O Dom

Posted in Reflexão on 20/12/2007 by Carlos Jorge

O DOM

Autor: Carlos Jorge

Segure-me, não me deixe cair

Tenho medo que você me deixe

Feche a porta, não ouse sair

Tenho um dom, não é blefe

Ajude-me, não sou feliz

Tenho medo do que pensam

Eu me fechei, foi o que fiz

Tenho um dom, eles não acreditam

Abrace-me, fique comigo

Não me abandone como eles

Eu não quero inimigos

Meu dom é para você e eles

Deite-me, estou cansado,

Suponho que você também

Eu não quero ser um fardo

Vai, não contarei a ninguém

Devo isso a você,

Pois eu tenho um dom

Entregue a mim por você

Esse dom… cuidarei com amor.

11 de dezembro de 2007

Faca

Posted in Tristes on 19/12/2007 by Carlos Jorge

FACA

Autor: Carlos Jorge

Eu não estou bem

Tenho um problema

Uma angústia,

Uma dor…

Eu não sei o que é,

Mas eu sei que está aqui

Consumindo-me

Está em minha mente

Cravado…

Como uma faca

Me dói, me mata

Está aqui, em mim

Uma faca,

Matando-me,

Furando-me,

Rasgando-me,

Não tenho paz

Não sou eu aqui

Não me conheço

Sou grotesco…

Tem uma faca,

Cravada em mim

Mate-me, mate-me!

Está escuro,

Odeio, odeio!

Estou mentindo…

Para mim mesmo,

Mate-me, mate-me!

Tem algo aqui,

Mas eu não vejo,

Tem uma faca,

Cravada em mim…

Mate-me, mate-me!

10 de dezembro de 2007

Abra Seu Coração

Posted in Noturno on 18/12/2007 by Carlos Jorge

ABRA SEU CORAÇÃO

Autor: Carlos Jorge

Trovão, gritos, raios!

Furacões, enchentes…

O que faremos?

Crianças choram, medo, pavor!

Abra seu coração!

Escuridão, criaturas sombrias…

Para onde vamos?

Não tenha medo, confie em mim!

Ninguém vai nos fazer mal,

Pois meu coração é puro!

Trevas, ódio, medo!

Nada disso me afeta!

Abra seu coração e tudo ficará bem!

6 de dezembro de 2007

A Profecia

Posted in Religiosos on 17/12/2007 by Carlos Jorge


A PROFECIA
Autor:
Carlos Jorge

Ele está próximo, eu sinto!

Nuvens negras no horizonte,

O número triplo lhe marca a pele

O eclipse engoliu o céu…

Fogo começará a banhar-nos!

Sangue começará a derramar!

Prepare-se! O mundo irá acabar…

Mas Deus vai nos salvar?

Engana-se, sua fé nele…

Isso é que vai te salvar

Portanto comece a rezar!

Por que o momento vai chegar…

6 de dezembro de 2007

Soneto das Borboletas

Posted in Sonetos on 07/12/2007 by Carlos Jorge


SONETO DAS BORBOLETAS
Autor:
Carlos Jorge

Borboletas flutuam por toda parte

Algumas descansam em mim

Elas parecem obras de arte

Todas juntas enfeitam o vergel

Elas batem asas, e voa desordenadamente…

Tantas cores e variedades de movimentos,

Começo a ficar aluado, perturba a mente…

Mas são nesses majestosos momentos,

Que as borboletas ajudam-lhe…

A encontrar um sentimento, assim…

Você descobre que ama alguém…

Borboletas aparecem em momentos…

E te trazem novos sentimentos…

Borboletas, os cupidos do jardim.

6 de dezembro de 2007