Soneto da Amizade


SONETO DA AMIZADE

Autor: Carlos Jorge

Com um simples aperto de mão
Pode nascer uma grande amizade
Basta dizer sim ou não
Depende apenas de vontade

Amigos são como vinhos
Quanto mais antigos melhor
Problemas são bem-vindos
Pois com meu amigo não ficarei na pior

Quando me dá vontade de gritar
Lá vem meu amigo para me ajudar
E comigo ele se presta a berrar

Sempre juntos caminhamos
Sempre juntos lutamos
Amigos eternos, nada irá nos separar.

(Data Esquecida)
Anúncios

Uma resposta to “Soneto da Amizade”

  1. Maria Barros Says:

    Nada como recordar amigos!!!! Esses que nunca vão morrer dentro de nosso coração! Que suas lembranças são só de coisas boas, de momentos tão felizes, que só amigos mesmo pra trazer lembranças tão doces!!!!
    Bela poesia a sua e o joguinho de caça palavras, foi molinho… hehehehe
    PARABÉNS, MAIS UMA VEZ!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: